Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Município de Esposende assinala 40 anos do 25 de abril

25abril2014 1 1024 2500
10 Abril 2014
O Município de Esposende vai assinalar os 40 anos do 25 de abril. A realização de uma Assembleia Municipal comemorativa, o lançamento de um livro, exposições e projeção de filmes são as iniciativas que vão lembrar a revolução dos cravos.

O Município de Esposende vai assinalar os 40 anos do 25 de abril. A realização de uma Assembleia Municipal comemorativa, o lançamento de um livro, exposições e projeção de filmes são as iniciativas que vão lembrar a revolução dos cravos.

Assim, no feriado de 25 de abril, às 11h00, a Câmara e a Assembleia Municipal levam a efeito, no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, a apresentação do Livro “40 Anos do Poder Local em Esposende - Promessas e Picardias”, da autoria do historiador/investigador esposendense Albino Penteado Neiva. Antecedendo esta sessão terá lugar, às 10h00, a abertura da exposição “40 Anos do Poder Local em Esposende”.

Às 17h30, terá lugar uma Assembleia Municipal comemorativa, que se iniciará com um momento musical, seguindo-se a Conferência \"A Infância de Abril 40 Anos da Tomada da Palavra\", por Álvaro Campelo, e, posteriormente, as intervenções dos diversos partidos políticos com assento na Assembleia Municipal.

No Auditório Municipal de Esposende, serão exibidos, no dia 26, o filme “Capitães de abril\", e no dia 27, “A Hora da Liberdade”, em sessões às 21h30, com entrada gratuita.

Sob o tema comum “Da Censura à Liberdade”, a Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura proporciona, até ao final de abril, uma mostra sob “(alguns) livros proibidos no regime Fascista”, onde se podem encontrar títulos de Jorge Amado, Manuel Alegre, Mário de Andrade, Simone de Beauvoir, Albert Camus, Natália Correia, Virgílio Ferreira, Gustave Flaubert, Urbano Tavares Rodrigues, Aquilino Ribeiro, entre muitos outros.

Dos livros proibidos à revolução de abril, as comemorações da Biblioteca Municipal permitem também uma leitura das “Páginas da Revolução”, onde uma pequena mas significativa mostra de jornais nacionais relata os dias da revolução de abril de 1974 a junho de 1976, em periódicos como A Capital, O Comércio do Porto, O Expresso, o Jornal de Noticias, o Primeiro de Janeiro, entre outros. Desta mostra destaca-se o Jornal de Noticias de 26 de abril de 1974 e as edições dos dias 1 e 2 de maio do mesmo ano, relativos à primeira comemoração do Dia do Trabalhador em Portugal.

A Biblioteca propõe ainda uma visão de como os poetas escritores sentiram e exprimiram a liberdade e o 25 de abril. Assim, nas montras de 40 estabelecimentos comerciais da cidade de Esposende exibe-se a exposição “40 anos, 40 poemas”. Cada estabelecimento acolhe um poema de abril, entre autores como Sophia de Mello Breyner Andresen, Miguel Torga, Natália Correia, Manuel Alegre, entre outros, numa iniciativa que conta com o apoio da Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende.