Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Município de Esposende mantém combate à vespa velutina

Vaspa velutina 1 1024 2500
07 Fevereiro 2018

vaspa velutina1

O Município de Esposende, em parceria com a Esposende Ambiente e a Cooperativa Agrícola de Esposende, vai realizar uma oficina de armadilhas de vespa velutina, no próximo dia 17 de fevereiro, às 10h00, no Centro de Educação Ambiental.

O objetivo da iniciativa é promover a elaboração em massa de armadilhas, que serão posteriormente colocadas nos locais com histórico de maior ocorrência. Pretende-se, assim, promover a captura das vespas fundadoras, no início do novo ciclo, reduzindo, deste modo, o número de novos ninhos primários.

Os interessados em participar nesta oficina deverão inscrever-se até ao dia 15 de fevereiro, através do e-mail cea@esposendeambiente.pt, ou dos telefones 253 967 147 ou 253 969 380.

Recorde-se que no âmbito do Plano Municipal de Combate à Vespa Velutina, o Município de Esposende mantém, desde março de 2016, um protocolo de colaboração com a Cooperativa Agrícola de Esposende, através do qual esta entidade assegura a destruição dos ninhos, mediante a comparticipação de 60 euros por ninho.

Através desta parceria tem sido possível combater, de forma eficaz, esta praga. Contudo, o elevado número de ninhos que vêm sendo destruídos implica o aumento dos recursos disponíveis. Neste sentido, o executivo municipal aprovou uma alteração ao protocolo, que prevê que a comparticipação anual, fixada inicialmente nos 6 mil euros, possa atingir os 12 mil euros, mantendo-se o valor por ninho destruído.

Elaborado em consonância com o “Plano Nacional de Ação para a Vigilância e Controlo da Vespa velutina em Portugal”, o Plano Municipal de Combate à Vespa Velutina tem como objetivo promover a irradicação desta espécie invasora, através da tentativa de redução gradual e sustentada do número de ninhos destruídos. Considerando que o número de ninhos destruídos, nos dois últimos anos, praticamente estabilizou, pretende-se agora, com esta iniciativa reduzir o surgimento de novos ninhos.