Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Esposende é exemplo de gestão de resíduos

Ilha ecologica sozende  5   002   003  1 1024 2500
09 Fevereiro 2018

O volume de Resíduos Urbanos Indiferenciados recolhidos no concelho de Esposende registou, no ano passado, um aumento de 2% face ao ano de 2016. Em 2017, o Município procedeu à deposição em aterro sanitário de 18.500 toneladas de resíduos indiferenciados, o que se traduz numa média mensal de aproximadamente 1.542 toneladas, sendo o mês de agosto o de maior produção, com cerca 2.383 toneladas, e novembro o mês com menor quantidade de resíduos recolhidos, atingindo 1.247 toneladas.

A recolha seletiva de resíduos nos ecopontos aumentou cerca de 3% face a 2016, sendo que o registo da maior produção mensal (234 toneladas) se verificou no mês de agosto, principalmente devido ao acréscimo verificado na fileira do vidro, a mais representativa em termos de quantidade (peso) de resíduos recolhidos. Assim, a quantidade total de resíduos recolhidos seletivamente nos ecopontos do concelho totalizou cerca de 1.361 toneladas, sendo 839 toneladas de vidro, 228 toneladas de embalagens de plástico e metal e 294 toneladas de papel/cartão. Destaque ainda para o encaminhamento de cerca de mais 165 toneladas de resíduos para reciclagem, através da Esposende Ambiente, fruto do trabalho de recolha e triagem realizado pela empresa municipal no âmbito da sua atividade.

No âmbito do projeto de recolha seletiva de resíduos urbanos biodegradáveis junto dos grandes produtores (restaurantes, cantinas, associações), foram recolhidas 222 toneladas destes resíduos e encaminhados para valorização orgânica e consequente produção de composto para agricultura. Também ao nível da compostagem, foram ainda encaminhados para o Parque de Compostagem Municipal cerca de 96 toneladas de resíduos verdes provenientes de jardins e espaços verdes, através das recolhas efetuadas pela Esposende Ambiente.

O Município de Esposende está equilibradamente servido ao nível de equipamentos, pelo que só depende da vontade de cada um participar numa melhor gestão dos resíduos. Existem 245 ecopontos disponíveis para a recolha seletiva de resíduos, o que corresponde a cerca de um ecoponto para cada 140 habitantes, e mais de 1.500 contentores para recolha de resíduos urbanos indiferenciados, para além de diversos vidrões e papelões individuais dispersos pelo concelho.

A Esposende Ambiente apela a que, individual e coletivamente, os cidadãos unam esforços para uma gestão adequada dos seus resíduos, que passa pela adoção de estratégias e ações de redução, reutilização e reciclagem.