Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Projeto “AQUA Cávado: o rio que nos une” com balanço positivo da quarta edição

Dsc 0056 1 1024 2500
03 Outubro 2018

DSC_0066

No dia 1 de outubro, Dia Nacional da Água, decorreu, no Centro de Informação Turística de Esposende, a sessão de encerramento da quarta edição do projeto “AQUA Cávado: o rio que nos une”.

A Vice-presidente da Camara Municipal de Esposende, Alexandra Roeger, abriu a sessão, seguindo-se a apresentação dos resultados desta edição do Programa de Ação para Valorização do Rio Cávado, pelo primeiro secretário executivo da CIM Cávado, Luís Macedo, que traçou um balanço positivo do trabalho realizado, salientando o envolvimento dos vários parceiros.

Posteriormente, foi feita a avaliação dos resultados do projeto e perspetivas para a quinta edição, num painel onde participaram a Vice-presidente da Camara Municipal de Esposende, Alexandra Roeger, o Presidente do Conselho de Administração da Esposende Ambiente, Paulo Marques, e Maria de Lurdes Rufino, do Mosteiro de Tibães.

Ivone Magalhães, do Museu Municipal de Esposende, abordou “O Património do Cávado: a história de um território” e, a encerrar a sessão, procedeu-se à abertura da exposição fotográfica: “Segredos do Cávado”, que percorrerá os seis municípios que compõem a CIM Cávado. Tendo como mote o Ano Europeu do Património Cultural, esta mostra, uma das ações do programa de ação do AQUA Cávado, visa dar a conhecer o vasto património construído de natureza cultural e infraestrutural, de natureza hidráulica e de obras de arte sobre os Rios Cávado e Homem. A exposição estará patente até ao próximo dia 11 de outubro, no Centro de Informação Turística de Esposende, podendo ser visitada de segunda-feira a sábado, entre as 9h00h e as 12h30 e das 14h00 às 17h30.

O Programa de Ação para Valorização do Rio Cávado é promovido pela CIM Cávado - Comunidade Intermunicipal do Cávado, em estreita colaboração com os seis municípios que a integram (Esposende, Barcelos, Braga, Amares, Vila Verde e Terras de Bouro). Assenta na promoção da utilização responsável e conservação do Rio Cávado e seus afluentes, atendendo ao valor crescente do seu património ambiental e natural, assim como à importância da preservação do equilíbrio dos seus ecossistemas naturais. Como membro da CIM Cávado - Comunidade Intermunicipal do Cávado, o Município de Esposende tem vindo a promover a realização de um conjunto de iniciativas a nível local, dedicadas particularmente ao Rio Cávado e ao recurso água de um modo geral.

O AQUA Cávado surgiu em 2014, sob tutela da CIM Cávado e da Agência de Energia do Cávado, constituindo um projeto de caráter supramunicipal orientado para a sensibilização, conservação e valorização do património natural contido nas faixas ribeirinhas dos Rios Cávado e Homem. Os parceiros estratégicos são os Municípios que integram a CIM Cávado, bem como como a Esposende Ambiente, o Mosteiro de Tibães, a Esposende 2000, a Katavus e o Diário do Minho. Decorre anualmente entre o dia 22 de março, Dia Mundial da Água, e o dia 1 de outubro, Dia Nacional da Água.