Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Município de Esposende assinala mês da Arquitetura

Ordem arquitetos 1 1024 2500
04 Outubro 2018

ordem arquitetos 1

No âmbito das comemorações do mês da Arquitetura, o Município de Esposende associou-se à Ordem dos Arquitetos Portugueses, expondo a mostra "Memento/Momento", sobre a obra do arquiteto Viana de Lima, na galeria da sede nacional da Ordem dos Arquitetos, em Lisboa. A mostra será inaugurada no próximo dia 8 de outubro e estará patente até 30 de outubro, com organização conjunta da Ordem dos Arquitetos e da Câmara Municipal de Esposende.
A exposição apresenta alguns mecanismos de tradução e interpretação, onde as peças de arquitetura são pedaços de tempo que se transportam nas entranhas dos edifícios, traduzida no Memento e no Momento.
Memento, como processo-síntese onde se resume uma parte da obra do arquiteto ou apontamento em modo de lembrete do que se tem de fazer. O Momento são espaços de tempo que foram materializados e traduzidos em arquitetura. Ou seja, em que se aglutina o tempo e se materializa na forma.
A exposição de Viana de Lima está dividida em duas partes. Uma primeira em que o arquiteto esposendense é dominado pelo processo de desenho clássico das proporções que dominam a sua ideologia até aos meados do século XX. Na segunda parte, observa-se a interceção com o Movimento Modernista Europeu que foi o ingrediente explosivo de uma “supernova” que desponta no panorama da arquitetura portuguesa, entre correntes ideológicas contraditórias do Estado Novo.
O arquiteto Viana de Lima foi autor, entre tantos projetos, da denominada “Casa das Marinhas”, edifício classificado como Monumento de Interesse Público, desde 2012, e registada na Fundação Docomomo Ibérica, organismo internacional que preserva edifícios icónicos da arquitetura modernista. Assim, a “Casa das Marinhas” durante este mês em que se evoca a arquitetura, associa-se às celebrações com duas iniciativas que visam dar a conhecer a habitação: “Cas’Aberta” e “À descoberta da Casa”.
De resto, o património cultural relacionado com a Arquitetura Modernista, no qual se enquadra a “Casa das Marinhas”, mereceu destaque, no passado dia 1 de outubro, no programa “Visita Guiada”, de Paula Moura Pinheiro, na RTP, onde abordou “Três Casas Modernas no Minho – Esposende, Ofir e Moledo”, versando os trabalhos de Viana de Lima, Fernando Távora e Siza Vieira.