Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Fórum da Educação é sólido contributo para educação de qualidade

F rum ant nio n voa 1 1024 2500
06 Junho 2019

fórum benjamim pereira

Terminou na passada terça-feira, dia 4 de junho, mais uma edição do Fórum da Educação, promovido pelo Município de Esposende, que envolveu cerca de 7.750 participantes em torno do tema “Sucesso: conceções, desafios e percursos”. Desde o seu início, a 24 de maio, foram promovidas conferências, painéis, palestras e tertúlias, que permitiram aos professores, aos alunos, aos pais e a toda a comunidade em geral, aprofundar a reflexão sobre a educação no contexto atual, bem como sobre os vários desafios com que os diversos agentes se confrontam na contemporaneidade. A programação contemplou ainda concertos e atividades lúdico-pedagógicas.
Como tem sido habitual, esteve patente, na zona ribeirinha de Esposende, uma Mostra Educativa que contou com a participação de 15 instituições de ensino superior, secundário e educação e formação de adultos que fizeram a apresentação da sua oferta educativa.
Complementando, a jornada “O futuro que procuras”, com co-organização da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Secundária Henrique Medina apresentou diferentes perspetivas de carreira no ensino superior.
Ponto alto do Fórum foi a conferência “Pensar a escola do futuro – em homenagem a António Sérgio”, onde António Sampaio da Nóvoa, Reitor honorário da Universidade de Lisboa e Embaixador de Portugal na UNESCO, proferiu uma reflexão sobre as mudanças que a escola deve operar para corresponder aos desafios da sociedade atual e do futuro. A conferência foi precedida pela performance “Liberdade”, pelo Coro Ars Vocalis.
O Fórum da Educação assinalou o Dia Mundial da Criança, promovendo a “Festa no Parque”, com uma série de atividades lúdicas e pedagógicas (insufláveis, jogos, oficinas, workshops e outras atividades), que atraíram cerca de três mil pessoas, entre crianças e familiares. O concerto “Viagem – um sonho por entre os recantos do mundo”, pelo Coro de Pequenos Cantores de Esposende percorreu sonoramente diferentes partes do mundo, partindo de Portugal.
Igualmente como forma de assinalar a efeméride, até ao dia 21 de junho, serão promovidos os projetos artísticos itinerantes “As aventuras da boneca SolFaMi” e o “Universo dos instrumentos: as aventuras do Zé Manel Pianolas”, concebidos e produzidos pela Escola de Música de Esposende, que percorrerão todos os Jardins de Infância e escolas do 1.º CEB do concelho.
O Fórum não esqueceu a “Educação e formação de adultos”, enquanto fator de “desenvolvimento territorial inclusivo”.
A encerrar o Fórum da Educação, foi promovida a Final Intermunicipal do concurso “Olimpíadas do Património”, do Projeto “+ Cidadania”, que contou com a participação de alunos de todos os municípios da CIM Cávado, com vitória de uma turma do Município de Amares, tendo a turma de Esposende finalista arrecadado o 2.º lugar.
Esta postura enquadra-se nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas, nomeadamente Educação de Qualidade e Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade.