Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Esposende evoca Centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen

 dsc0801 1 1024 2500
05 Julho 2019

_DSC0822

No ano em que se assinala o Centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2004), o Município de Esposende leva a efeito um programa comemorativo, como forma de marcar a efeméride e homenagear a escritora e a sua obra, que tem na poesia o seu centro.

A exposição “E ela dança…”, que está patente na Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, em Esposende, até ao próximo mês de novembro, marca o arranque do programa de atividades. A mostra, que se distribui pelos vários espaços da Biblioteca Municipal, integra um conjunto de textos de e sobre Sophia, bem como de algumas fotografias menos conhecidas da autora.

Esta exposição é composta por 10 painéis que refletem a vida da autora, através de testemunhos de, por exemplo, Eduardo Lourenço, que explica a simbologia mística do nome Sophia. Inclui também um texto belíssimo do seu filho Miguel de Sousa Tavares, que fala da mãe com carinho e admiração, do seu lado mais íntimo. É deste texto que se retirou o nome da exposição, “E ela dança…”. Há notas pessoais da autora a sua mãe, cartas dela ao seu marido, enquanto este esteve preso. Esta é, sobretudo, uma exposição que pretende dar a conhecer o lado um pouco mais íntimo da autora, que é indissociável da sua obra.

A exposição poderá ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 17h30. A entrada é gratuita.

Esta iniciativa encontra-se refletida no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas: Educação de Qualidade (ODS 4) e Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade (ODS 17).