Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Esposende acolhe Projeto Europeu de proteção das Comunidades Piscatórias

Amar1 1 1024 2500
25 Outubro 2019

amar

O projeto do Município de Esposende, AMAReMAR, concebido e desenvolvido em 2016 com o objetivo de promover a inclusão social e cultural, figura como exemplo de boas práticas de comunidades piscatórias europeias. Uma delegação de especialistas de vários países europeus, participantes na quarta edição do encontro que decorre em Viana do Castelo e visa criar oportunidades de crescimento regional, tomou contacto com o trabalho desenvolvido pelo AMAReMAR.
Estes contactos desenvolvem-se no âmbito do projeto CHERISH, fomentador das boas práticas através da promoção do património cultural das comunidades piscatórias europeias e que tem o apoio do INTERREG, programa europeu de apoio à cooperação inter-regional.
Na sede do projeto AMAReMAR, os técnicos ficaram a conhecer as diversas oficinas que ali funcionam, em estreita colaboração com a comunidade local e que se tem traduzido em resultados práticos de interação social.
No encontro realizado em Viana do Castelo, durante três dias, com organização da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, dezenas de especialistas europeus debateram a proteção e promoção do património cultural nas comunidades piscatórias, a fim de aumentar a atratividade dessas regiões para as empresas, cidadãos e turistas.

Esta postura enquadra-se nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas.