Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Centro de Educação Ambiental promoveu Semana da Floresta Autóctone

Florestaautoctone1 1 1024 2500
02 Dezembro 2013
Como forma de assinalar o Dia da Floresta Autóctone, que se comemora a 23 de novembro, o Centro de Educação Ambiental levou a efeito mais uma edição da Semana da Floresta Autóctone, que mobilizou cerca de 300 crianças de estabelecimentos de educação e ensino do concelho, desde o pré-escolar até ao 3.º ciclo do ensino básico.
Como forma de assinalar o Dia da Floresta Autóctone, que se comemora a 23 de novembro, o Centro de Educação Ambiental levou a efeito mais uma edição da Semana da Floresta Autóctone, que mobilizou cerca de 300 crianças de estabelecimentos de educação e ensino do concelho, desde o pré-escolar até ao 3.º ciclo do ensino básico.

A iniciativa decorreu entre os dias 18 e 28 de novembro e pretendeu sensibilizar os participantes para a importância das espécies autóctones no equilíbrio da floresta e da elevada biodiversidade associada aos espaços florestais, realçando a importância dos espaços florestais e destacando os seus principais usos.

O programa integrou um conjunto diversificado de atividades. Assim, no Centro de Educação Ambiental, foi realizada uma oficina designada Use e Re-Use a Floresta, que abordou a importância da floresta portuguesa, sensibilizando também para a poupança dos recursos naturais.

Dirigido a alunos dos 2.º e 3.º ciclos, decorreu um percurso micológico numa zona florestal da freguesia de Marinhas, onde alunos e utentes de instituições concelhias ficaram a conhecer diversas espécies de cogumelos existentes no concelho. Para a comunidade em geral, foi levado a efeito o workshop “Hoje é dia de Cogumelos”, onde os participantes ficaram a conhecer um pouco da biologia e da ecologia dos cogumelos, adquirindo conhecimentos sobre a produção de cogumelos em diversos substratos.

O Dia da Floresta Autóctone foi criado com intuito de divulgar a importância económica e ambiental associada à conservação das florestas naturais e à urgência de as proteger.