Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Esposende acolhe projeto escolhido no âmbito do Orçamento Participativo

Ludotecas 1 1024 2500
04 Julho 2018

ludotecas 2
A vereadora da Educação e Cultura da Câmara Municipal de Esposende assinou, hoje, em Vila Real, os protocolos para formalizar e garantir a execução do projeto Rede Regional de Ludotecas, no âmbito do Orçamento Participativo de Portugal 2017. A Direção Regional de Cultura do Norte assumiu a coordenação e gestão dos projetos a desenvolver na área da Cultura, estando o Município de Esposende inserido num projeto que pretende recuperar os jogos de tabuleiro.
Conforme referiu o diretor regional da Cultura do Norte, António Ponte, “os projetos aprovados privilegiam o trabalho de parceria, transformando-os em operações, implicando o trabalho em rede, com o objetivo de fazer com maior escala”.
Para a vereadora da Educação e Cultura do Município de Esposende, Angélica Cruz, este projeto “reveste-se de grande importância, na medida em que se procurará recuperar tradições caídas em desuso e, simultaneamente, acolher ferramentas como os jogos de tabuleiro, cuja importância no desenvolvimento mental do indivíduo é profusamente reconhecida e desenvolvem competências, além do entretenimento”.
No âmbito do Orçamento Participativo de Portugal 2017, foram quatro os projetos escolhidos pelos portugueses: Contos e lendas transmontanas; criação de uma escola de artes e ofícios; o teatro e as serras e rede regional de ludotecas.
Esposende integra o projeto da rede regional de ludotecas, juntamente com Vila Verde, Póvoa de Lanhoso, Braga, Viana do Castelo e Barcelos, sendo a entidade proponente a “Cidade Curiosa”.