Passar para o Conteúdo Principal
Voltar ao início

Município apoia com 35 000 euros Bombeiros de Esposende e de Fão

Dsc01842 1 1024 2500
16 Abr

DSC03223

O Município de Esposende aprovou, em reunião de Câmara e por unanimidade, a atribuição de 35 mil euros às duas corporações de Bombeiros Voluntários do concelho, ou seja, 17 500 euros a cada corporação, designadamente Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Esposende e Benemérita Associação dos Bombeiros Voluntários de Fão.

Este apoio financeiro constitui uma importante ajuda para que os soldados da paz possam continuar a cumprir a sua missão no plano da Proteção Civil, assegurando o serviço que prestam ao nível da prevenção, proteção e socorro e reposição da normalidade da vida das pessoas em áreas afetadas por acidentes e catástrofes.

O Município reconhece que a conjuntura económico-financeira do país, aliada a um conjunto de alterações na legislação que enquadram esta atividade, tem afetado de forma muito significativa a estabilidade destas associações, nomeadamente no que concerne às suas fontes de financiamento. Para a Câmara Municipal é imperioso que essas alterações não sejam de alguma forma limitativas do excelente desempenho que os Bombeiros de Esposende e de Fão têm tido ao longo dos anos, no serviço que prestam às populações do concelho.

Assim, e considerando que os bombeiros voluntários desenvolvem, com grande eficácia e competência, um papel preponderante no âmbito do Serviço Municipal de Proteção Civil e Segurança, o Município tem mantido a atribuição deste subsídio anual, para além de continuar a atender às mais variadas solicitações de apoio.

Recorde-se, nesse contexto, que se encontra em implementação um conjunto de incentivos ao voluntariado e que se encontra em curso a integração de todas as viaturas de socorro no cômputo da frota automóvel da autarquia em matéria de contratação do Seguro automóvel, o que, por si, é muito representativo dado o custo anual que esta componente representa para ambas as corporações.

Tem também sido recorrente o apoio à aquisição de viaturas e de equipamentos, e, ainda, foram recentemente celebrados protocolos de cooperação com as duas corporações, Esposende e Fão, respetivamente para as áreas da formação e para a recolha e transporte de animais errantes feridos. Estes últimos são projetos inovadores, que bem demonstram a capacidade das nossas instituições e a mais-valia que representam no contexto local.